RESULTADOS DE EXAMES MARQUE SUA CONSULTA
Horário de funcionamento de 08h às 18h; Sab 08 às 12h
Av. Marcos de Freitas Costa, 855 Daniel Fonseca, Uberlândia/MG
34 3257.9100 contato@holhosudi.com.br

Injeções intravítreas

Injeções intravítreas

Injeções intra-vítreas são procedimentos realizados em ambiente cirúrgico com drogas cuja principal ação ocorre nos vasos doentes e nas substâncias prejudiciais que a retina doente produz. Podem ser utilizadas em retinopatias, oclusões vasculares, degeneração macular relacionada à idade.
Nos últimos anos, novas medicações surgiram com efeitos extremamente benéficos,para tratameto de doenças da retina.Com o intuito de oferecer maior concentração “dentro do olho”, intravítrea, e também diminuir os efeitos colaterais sistêmicos caso estas medicações fossem injetadas intravenosamente, estudou-se a concentração adequada para a injeção intravítrea.

Sendo assim, conseguimos por esta via de administração o efeito máximo desejado da medicação com reduzidos ou ausentes efeitos adversos sistêmicos.
Atualmente esta cirurgia está amplamente difundida pelo mundo sendo milhares delas realizadas a cada dia para tratamento das mais diversas doenças da retina.

Anti-VEGF:
Substâncias que bloqueiam e destroem os vasos anômalos (neovasos), inibindo hemorragias, descolamentos tradicionais de Retina e aumento da pressão do olho.
Os Anti-VEGFs são injetados dentro do olho por meio de uma pequena cirurgia sob anestesia local e sedação, que é realizada no Centro Cirúrgico, em condições estéreis.
Dentre os Anti-VEGFs disponíveis no mercado destacam-se:

O EYLEA® é uma solução ocular injetável que contém a substância ativa aflibercept. O aflibercept é uma proteína “construída” que tem o objetivo de se fixar a uma substância chamada fator de crescimento endotelial vascular A (VEGF-A) e bloquear os seus efeitos.Pode, ainda, fixar-se a outras proteínas, como o fator de crescimento placentar (PIGF). O VEGF-A e o PIGF são responsáveis pelo crescimento anormal de vasos sanguíneos. Ao bloquear estes fatores, o aflibercept reduz o crescimento dos vasos sanguíneos, controla o derrame e o inchaço.

O LUCENTIS® (ranibizumabe) é um fragmento de anticorpo humanizado que se une ao VEGF-A e o inibe.O medicamento bloqueia o crescimento e o fluxo dos vasos sanguíneos, interrompendo a progressão de doenças vasculares da retina.Há excelentes resultados em estudos clínicos, demonstrando eficácia na preservação da visão dos pacientes.

Implante de liberação lenta | OZURDEX®
O OZURDEX® é um implante de material biodegradável que ao longo de vários meses libera gradativamente dexametasona, um medicamento anti-inflamatório da classe dos corticosteroides que é capaz de combater o edema macular e potencializar tratamentos convencionais com anti-VEGFs. Os implantes de Ozurdex são injetados diretamente no humor vítreo do olho, isto garante que quantidades adequadas do medicamento atinjam a área dentro do olho onde ocorreu o edema e inchaço.

Indicações
– Degeneração de mácula pela idade (forma exsudativa).
– Retinopatia diabética com edema de mácula.
– Retinopatia diabética com proliferação neovascular.
– Oclusão da veia retiniana (central ou ramo).
– Outra causas de edema de mácula.

Todos os direitos reservados a Holhos. Desenvolvido por Boca a Boca.